terça-feira, 3 de março de 2015

ELEVAR A ALMA

Vale a pena imprimir um esforço maior e continuado na transformação radical dos conceitos e mentalidades que, em geral, escravizam o ser humano.
Desde os tempos de criança, até agora, o conceito de oração é: ‘elevação da alma até Deus’.
Infelizmente, alguns esquecem esse ensinamento tão singular e confundem oração com telegrama de pedidos. Outros até terceirizam a oração: “Olha lá, hein. Ore por mim que estou precisando!”, mas são incapazes de se achegarem até Deus que, em verdade, é Pai!

O Pai gosta de ouvir a voz do filho e acolher seus pedidos.
Deus sonda o coração de cada um e sabe de cada uma de suas necessidades e por isso é bom fazer da oração uma elevação da alma, do ser, até Ele.
Quando se consegue manter o espírito em oração e viver uma intensa espiritualidade é possível desfrutar um período de paz, deliciosamente transcendental.
Quando a condição humana se vê transportada para mais próximo de sua verdadeira origem, através de momentos de intensa meditação e oração, algo altera o estado de percepção e consciência.
Evidencia-se a valorização do amor e do conhecimento, deixando para segundo plano, outras preocupações da vida temporal. Elimina-se o medo da morte. Fica claro que todo o Universo é interligado por uma mesma Origem.
Aprende-se a assumir o controle pelo rumo da existência, utilizando-se verdadeiramente do livre arbítrio.  Simplesmente se confia!
Nesse clima de confiança sobem, em nível de importância, outros valores: o amor à própria vida, ao próximo, pela natureza e por toda a Criação.
Passa-se a viver uma busca incansável e insaciável de Espiritualidade cada vez mais profunda.
Reconhece-se que o Universo é amigo, benevolente, seguro e acolhedor.
Maravilhoso mistério de que há um Ser Maior que espreita, bem de perto, nossa existência!
J. Rubens Alves